Médicos dos hospitais da Universidade De Paris Saclay documentaram um caso de Covid-19 transmitido de mãe para feto durante a gravidez, de acordo com a revista Nature Communications.

Tanto o bebé, que apresentava sintomas no sistema nervoso associados ao Covid-19, como a mãe recuperaram, segundo os investigadores.

Surgiram questões sobre como o vírus pode ser transmitido de mãe para filho, e alguns estudos sugerem que é mais provável que ocorra imediatamente antes e depois do nascimento de um bebé. O vírus é geralmente transmitido por gotículas de líquido expulso da boca e do nariz quando pessoas infetadas respiram, falam, tosse ou espirros.

Investigadores franceses relataram uma mulher grávida de cerca de 20 anos que entrou num hospital com febre e tosse grave, e posteriormente deu positivo para coronavírus, relata a Bloomberg. Os testes confirmaram a presença do vírus no bebé três horas após o nascimento.

O vírus foi encontrado no tecido placenante, bem como no sangue materno e neonatal, sugerindo que a transmissão provavelmente ocorreu através da placenta, segundo os investigadores. “O nosso caso qualifica-se totalmente como uma infeção congénita SARS-CoV-2”, notaram no relatório.

Leave a Reply